Conecte-se conosco

Notícias

Mãe de Eduardo Costa é perseguida, sofre com ameaças e aciona a polícia

Publicado

em

Mãe de Eduardo Costa sofre com ameaças (Foto: Reprodução/Arte Movimnento Country)
Mãe de Eduardo Costa sofre com ameaças (Foto: Reprodução/Arte Movimnento Country)

Maria Raimunda da Costa, mãe de Eduardo Costa, enfrenta uma série de ameaças de um homem que alega ser o pai do cantor sertanejo

A mãe de Eduardo Costa, Maria Raimunda da Costa, tem vivido dias de desespero, após detonar o cantor sertanejo por causa de seu casamento, devido à perseguição constante de um homem que alega ser pai do artista. A situação foi exposta no dia 10 de maio, quando o homem apareceu diretamente na frente de sua casa, continuando um padrão de comportamento ameaçador.

Segundo informações do colunista Leo Dias, o homem, cuja identidade permanece desconhecida, alega ter conhecido Maria Raimunda em Goiânia e diz ser pai de Eduardo Costa. Contudo, segundo relatos, a mãe do cantor só visitou a cidade pela primeira vez depois que o marido de Mariana Polastreli já havia alcançado a fama.

A perseguição incluiu ligações telefônicas e cartas manuscritas, inseridas diretamente na caixa de correspondência de Maria Raimunda, evitando o trâmite padrão dos Correios. Ainda, segundo relatos, a mulher vinha sofrendo diversas ameaças do homem desconhecidos.

Essas ações foram uma fonte de grande preocupação para a família Costa, que decidiu levar o caso às autoridades, além de agir às pressas retirando a mãe do cantor sertanejo de casa para evitar que algo maior acontecesse.

A Polícia Civil já iniciou uma investigação formal sobre o caso. O órgão visitou a residência de Maria Raimunda em 11 de maio, com o objetivo de coletar imagens das câmeras de segurança para ajudar a identificar o indivíduo.

Irmã de Eduardo Costa se desespera com ameaças

Eduardo Costa (Foto: Divulgação)
Eduardo Costa (Foto: Divulgação)

Sara Costa, irmã de Eduardo Costa, fez um desabafo sobre a situação através de suas redes sociais e explicou tudo que vinha acontecendo para seus seguidores, inclusive destacando o terror que a família vinha vivendo.

Não demos a importância que deveríamos ter dado desde o início. Há um tempo, ele colocou cartas na caixa de correspondência da minha mãe, escrita à mão… Fizemos um boletim de ocorrência na Polícia, mas é complicado.”

O medo se intensificou quando o homem confrontou Maria Raimunda diretamente em frente à sua casa. “Anteontem, minha mãe estava em casa. Ela tem uma vida muito normal, muito comum. Ela saiu de casa para resolver umas coisas a pé e deu de cara com esse senhor na porta, em tom de ameaça, e sentiu muito medo”, explicou Sara.

“Agora estão cuidando do nosso caso. Esse senhor tem que entender que existe lei e que ele não pode importunar uma pessoa dessa forma. Isso é crime”, afirmou Sara Costa, ressaltando a seriedade da situação.