Conecte-se conosco

Notícias

Beyoncé anuncia fim do Renaissance World Tour e sem parada no Brasil

Publicado

em

Beyoncé (Foto: reprodução)
Beyoncé (Foto: reprodução)

Os fãs da cantora Beyoncé estão chateados sem a presença da superstar em solo brasileiro. Turnê mundial “Renaissance” pode arrecadar cerca de US$ 2,1 bilhões

Após  muitos rumores da indústria da música, é oficial: Beyoncé terminará a Renaissance World Tour nos Estados Unidos — e não anunciou datas para shows no Brasil.

“A temporada Virgem está sobre nós. Esta tour foi uma alegria e como está se aproximando do seu último mês, meu desejo de aniversário é comemorar com vocês vestindo suas mais fabulosas roupas prateadas para os shows de 23 de agosto a 22 de setembro. Estaremos cercados em uma bola de discoteca humana brilhante todas as noites, todos espelhando a alegria uns dos outros”, pediu a cantora nas redes sociais.

Para se ter uma ideias, essa já é a sexta turnê da Queen B. A “Renaissance World Tour” começou no dia 10 de maio e se encerrará no dia 1 de outubro. A cantora se apresentará na Bélgica, País de Gales, Escócia, Inglaterra, França, Espanha, Alemanha, Holanda, Polônia, Canadá e Estados Unidos. A estimativa é que a turnê arrecade cerca de 2 bilhões de libras (R$ 12 bilhões). O último show da turnê será no Kansas (EUA).

Vale destacar que Beyoncé veio para o Brasil pela primeira vez em fevereiro de 2010, e se apresentou São Paulo, Rio de Janeiro, Florianópolis e Salvador. Depois, em 2013, se apresentou no Rock in Rio e fez shows solo em São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre e Fortaleza.

O que tem de diferente em Renaissance?

A “Renaissance World Tour” vem para divulgar o oitavo álbum de estúdio da artista, que recebeu o Grammy de Melhor Álbum de Dance. Com a vitória, ela se tornou a artista com mais Grammys da história, somando 32 estatuetas.

Considerada a turnê bilionária

As cifras são impressionantes: a superstar Beyoncé pode arrecadar US$ 2,1 bilhões com a turnê mundial “Renaissance”, cerca de US$ 500 milhões a mais do que os US$ 1,6 bilhão que Taylor Swift deve ganhar com “Eras”. Os cálculos são do consultor Peter Cohan para sua coluna na Forbes americana.

Essas estimativas são baseadas nas suposições mais otimistas do número de fãs que compram ingressos para seus shows e no preço médio dos ingressos de cerca de US$ 700. A projeção também leva em conta que cerca de 20% do faturamento vai para despesas dos shows e venda de mercadorias oficiais das turnês.

A capacidade média de shows por local totaliza 65.860 fãs, sendo que 95% desses ingressos são vendidos e outros 5% são convites, cota a patrocinadores, etc.

(Publicado por Cláudio Oliveira)

Continue lendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *